Steve Arpin em Springfield
Carros de uma grande categoria competindo na terra? Só na ARCA

A ARCA é uma das categorias chatas mais legais que tem para acompanhar. Salvo uma ou outra geração com algum prodígio, o nível técnico dos pilotos por lá não é dos melhores. O que é explicado pelo fato de muitos jovens ainda em formação. Por isso falo em um campeonato ‘chato’. E me perdoe os fãs da categoria, já que as últimas três temporadas foram tudo menos entediantes.

Em 2008, Justin Allgaier era o quinto no campeonato, quase fora da disputa, começou a vencer corridas faltando três rounds para o final e se tornou campeão em uma virada sensacional em cima de Scott Speed, Ricky Stenhouse Jr, Matt Carter e Frank Kimmel. Na temporada passada, Parker Kligerman e Justin Lofton disputaram o ano todo ponto a ponto, com a diferença ficando em cinco pontos a favor do então piloto da equipe de Eddie Sharp.

Na atual temporada não é diferente. Saindo da etapa em Springfield – Sim, lá mesmo. E o Homer tava na plateia. Tá, ele não tava, mas é na cidade que deu origem ao lar dos Simpsons – Frank Kimmel lidera o campeonato com apenas cinco pontos de vantagem para Tom Hessert. Mais cinco pontos atrás e aparece Craig Goess.

E qual o segredo de tantos anos seguidos com disputas acirradas? Eu acho que é a verstalidade das pistas. Em um mês, eles começaram em Pocono, cujo oval triangular tem 2,5 milhas de extensão. Passaram pelo ovarl circular de Berlim (não, não é na Alemanha), pelo circuito misto de New Jersey, pelo oval na terra da cidade controlada pelo Sr. Burns e agora vão para o oval de 1,5 milhas cookie-cutter de Chicagoland.