Dario Franchitti em Mid-Ohio
Dario Franchitti segue na briga pelo campeonato ao vencer em Mid-Ohio

# Dario Franchitti venceu a Honda Indy 200, em Mid-Ohio. Essa foi a segunda vitória do britânico na atual temporada e 15ª na carreira.  Will Power terminou em segundo, seguido por Helio Castroneves, Alex Tagliani e Scott Dixon.

Franchitti assumiu a primeira colocação ao superar Will Power nos boxes, na volta 60. Nos giros finais, o piloto da Penske colou no adversário, mas não conseguiu ultrapassar, terminando a corrida 0’’5 atrás, sendo a terceira chegada mais apertada em um circuito misto na categoria. Na corrida, houve quatro mudanças de liderança entre quatro pilotos e a bandeira amarela foi acionada cinco vezes, durando 15 voltas.

# Dario Franchitti conquistou a 15ª vitória da carreira, segunda em 2010. Franchitti conquistou um importante resultado na briga pelo campeonato ao diminuir a diferença para Power para menos de 50 pontos, o equivalente a uma vitória. Essa foi a 38ª vitória da Ganassi na Indy, desde que Juan Pablo Montoya venceu as 500 Milhas de Indianápolis de 2000.

# Will Power marcou a pole position para a Honda Indy 200, sendo a décima pole da equipe Penske em 12 provas na temporada. Esta foi a sétima vez em 2010 e nona vez na carreira em que o australiano saiu da posição de honra. Power empatou com Tony Kanaan, Tony Stewart e Billy Boat no sétimo lugar entre os que mais largaram da primeira posição na história da Indy.

# Will Power terminou em segundo depois de perder a liderança para Franchitti na parada dos boxes e não conseguindo mais recuperar. Com o grid da Indy completo, o melhor resultado do australiano pela equipe KV, na temporada de estreia em 2008, foi justamente em Mid-Ohio. Este foi o sétimo TOP 5 nas últimas dez provas.

# Helio Castroneves foi o terceiro colocado na corrida, se recuperando da punição que lhe custou a vitória em Edmonton. Este foi o quarto TOP 5 nas últimas dez provas.

# Alex Tagliani, quarto, foi a sensação da corrida. O canadense apostou em uma estratégia diferenciada nos boxes, ficando mais tempo na pista, por isso liderou o maior número de voltas da corrida, 30. Este foi o melhor resultado do piloto desde que se tornou um dos donos da equipe FAZZT. É também o melhor resultado na carreira na Indy, se não contarmos a prova extra em Surfers Paradise, em 2008, quando terminou na mesma posição. Este é o quarto TOP 10 nas últimas dez corridas.

# Scott Dixon terminou em quinto depois de novamente fazer uma corrida apagada. O neozelandês, no entanto, conquistou o sétimo TOP 5 nas últimas dez provas

# Simona De Silvestro, 8ª, foi a melhor piloto feminina da prova.

# Simona De Silvestro também foi a melhor dentre os candidatos a Rookie of The Year. O britânico Alex Lloyd ainda lidera a disputa para novato do ano, com 187 pontos, contra 179 de De Silvestro.

# J.R. Hildebrand e Francesco Dracone fizeram a primeira prova da carreira. O americano chegou em 16º e o italiano, em 22º.

# Os dez primeiros foram compostos por três pilotos vindo da Oceania, dois brasileiros, dois americanos, um britânico, um canadense e uma suíça.

# No campeonato, Will Power soma 461 pontos, contra 420 de Dario Franchitti, 379 de Scott Dixon, 352 de Ryan Briscoe, 340 de Helio Castroneves e 336 de Ryan Hunter-Reay.

# A próxima etapa da Indy é no dia 22 de agosto, em Sonoma, na Califórnia.