JR Hildebrand
Campeão da Indy Lights em 2009 e preterido pela Force India, JR Hildebrand vai finalmente estrear na Indy

Como neste final de semana não tem GP de F1, o jeito é ficar inventando assunto para preencher o blog. Se não tem Fórmula 1, a solução é apelar para a Indy, que está em Mid-Ohio para a 12ª rodada da temporada 2010.

Duas coisas bem legais marcam a chegada da categoria ao tradicional circuito misto: o grid conta com 27 carros e houve um salto de qualidade em relação aos pilotos que vão correr.

Na realidade, as regras da Indy dizem que apenas 26 carros podem competir em Mid-Ohio. Só que houve um problema. A Newman-Haas inscreveu um segundo carro, a Sarah Fisher colocou um na pista, assim como a AFS/Andretti e deu 27. Para não ficar ninguém de fora, foi necessário apelar para a direção da categoria a permissão desse carro a mais.

Aliás, é bem curioso se formos parar para pensar quem provavelmente terminaria o final de semana na 27ª posição do treino classificatório e ficaria de fora da prova. Meu palpite é que ela vai ser impedida de correr cedo ou tarde mesmo.

Quanto aos pilotos, algumas boas surpresas. Adam Carroll está de volta no carro da AFS/Andretti, onde planeja disputar toda a temporada 2011. O outro candidato para o próximo ano, no entanto, JR Hildebrand também corre em Mid-Ohio – só que pela Dreyer & Reinbold, substituindo Mike Conway – e foi mais rápido, terminando o dia em um excelente sétimo posto.

A outra boa surpresa não é tão novidade, Graham Rahal mais uma vez correndo pela Newman-Haas. Dessa vez o jovem piloto que estava a pé no início da temporada fez a melhor marca do dia, superando as Penske de Hélio Castroneves e Will Power.

No início do ano eu fiz este post aqui criticando a Indy de uma maneira geral, que deixava as revelações americanas desamparadas e a eles restavam a Nascar, a ALMS e a Grand-Am. Tomara que Mid-Ohio seja um marco de que as coisas mudaram.

Só que nem tudo são boas notícias. O italiano Francesco Dracone substituiu Mario Romancini na Conquest e fez um excelente 25º tempo, ficando 2’’7 mais lento que Rahal e apenas 2’’3 atrás do companheiro Bertrand Baguette.