Tony Kanaan em Iowa
Tony Kanaan enfim voltou a vencer na Indy

# Tony Kanaan venceu a Iowa Corn Indy 250, em Iowa. Essa foi a primeira vitória do brasileiro na atual temporada e 14ª na carreira. Hélio Castroneves terminou em segundo, seguido por EJ Viso, Ryan Briscoe e Will Power. Kanaan ultrapassou o compatriota da Penske quando faltavam apenas dez voltas para o final.

Kanaan foi o mais rápido nos treinos livres, mas conseguiu se classificar apenas na 15ª colocação. No entanto, ele superou as Ganassi de Dixon e Franchitti, além de Hélio Castroneves para conquistar a primeira vitória da carreira desde a etapa de Richmond, em 2008. Na corrida, houve 16 mudanças de liderança entre sete pilotos e a bandeira amarela foi acionada quatro vezes, durando 51 voltas.

# Tony Kanaan conquistou a 14ª vitória da carreira, primeira em 2010. O piloto da Penske quebrou uma seca de triunfos que durava desde a etapa de Richmond, em 2008. Apesar de sempre ser favorito em mistos, o brasileiro só venceu duas vezes nesse tipo de circuito: em Detroit em 2007 e na prova inaugural de Sonoma, em 2005.

Kanaan é o quinto piloto, empatado com Dario Franchitti, que mais venceu provas na história da Indy, com 14 triunfos. Com a vitória, o brasileiro alcançou o sétimo TOP 10 da temporada e pulou para a sexta colocação no campeonato com 229 pontos, 45 atrás do líder. Essa foi a 36ª vitória da Andretti-Autosport na Indy, desde que o próprio Tony Kanaan conquistou a prova de Phoenix, em 2003.

# Will Power marcou a pole position para a Iowa Corn Indy 250, continuando uma sequência de sete pole positions seguidas da equipe Penske. Esta foi a quarta vez em 2010 e sexta vez na carreira em que o australiano saiu da posição de honra. É o 11º maior pole da história, ao lado de Scott Sharp.

# Hélio Castroneves terminou em segundo lugar. O brasileiro liderou a corrida no trecho final após duelo com o britânico Dario Franchitti, que abandonou por problemas no câmbio, no entanto o carro da Penske foi superado por Kanaan quando faltavam apenas dez voltas. Este foi o quinto TOP 5 nas últimas dez provas.

# EJ Viso foi o terceiro colocado e conquistou o melhor resultado da carreira. Essa também foi a primeira vez que o venezuelano chegou entre os cinco primeiros desde a prova de São Petersburgo, em 2008, quando ele estreou na categoria fora dos ovais. Viso também quebrou uma sequência de 16 provas seguidas, que começou em Watkins Glen em 2009, sem terminar uma corrida entre os dez primeiros.

# Ryan Briscoe, quarto, continua fazendo boas corridas desde o acidente em Indy. O australiano não foi um fator na prova, mas marcou o sétimo TOP 10 nas últimas dez provas. Nas outras três, ele bateu quando estava entre os favoritos.

# Will Power terminou em quinto igualando o melhor resultado da carreira em um oval. Power terminou nessa mesma posição na Indy500 de 2009 e em Chicagoland, em 2008, quando ainda corrida pela KV. Com o resultado, o australiano saiu da primeira fase de ovais da temporada na liderança do campeonato, com 274 pontos, 11 a mais que Scott Dixon.

# Danica Patrick, déxcimo lugar, foi a melhor mulher da prova. Desde o retorno aos ovais, a americana vem sendo a melhor piloto do grid. Neste final de semana, 26, ela retorna à Nascar para a prova de New Hampshire.

# Alex Lloyd foi o melhor dentre os candidatos a Rookie of The Year, chegando na 13ª posição. Com três bons resultados seguidos, Lloyd é o melhor dentre os novatos na tabela de classificação: é 16º com 136 pontos.

# Os dez primeiros foram compostos por três brasileiros, três americanos, três pilotos vindos da Oceania e um venezuelano.

# A próxima etapa da Indy no 4 de julho, em Watkins Glen.