Experiência ajuda César Ramos a vencer na Alemanha

César Ramos vence na Alemanha
A mudança de ares fez bem para César Ramos. Mas foi justamente na Alemanha onde o piloto reencontrou a glória

César Ramos era um piloto desacreditado. Depois de boas campanhas na Fórmula Renault, o jovem, em 2009, chegou à cobiçada Fórmula 3 Euro Series correndo pela Manor. Em 16 corridas, o brasileiro não marcou ponto algum e teve um décimo lugar como melhor resultado. Pelo fraco desempenho, ele não conseguiu vaga para a nova temporada.

Aí apareceu a BVM Minardi, para quem o brasileiro já tinha competido na F-Renault, em que conquistou o título do torneio de inverno de 2007. Dessa vez, César foi convocado para competir na igualmente desacreditada F3 Italiana, onde a equipe Minardi defendia o título conquistado com Daniel Zampieri.

O brasileiro foi bem nos treinos de pré-temporada, assim como nas duas primeiras corridas do campeonato, em Misano, quando obteve dois terceiro lugares. A sorte mudou na chegada da categoria à Hockenheimring, na Alemanha, onde o certame europeu, disputado pelo gaúcho em 2009, compete duas vezes por ano.

César Ramos só não foi o pole position para a primeira corrida por causa de um erro logo na entrada do Estádio (as últimas curvas da pista alemã que se assemelham a um estádio devido ao cerco de arquibancadas). Largando em sexto, ele batalhou como pôde, mas a corrida não foi além da primeira curva. Na largada, Daniel Mancinelli saiu melhor que Gabby Chaves, primeiro colocado no grid, e passou a primeira curva na frente. César tentou fazer o mesmo, mas voou por cima do carro do rival. Fim de prova com uma suspensão quebrada. Mancinelli foi o vencedor.

No domingo, nada impediu o brasileiro de mostrar o talento. Largou bem, assumiu a liderança logo na primeira curva e apenas manteve Mancinelli sob controle para conquistar a primeira vitória na F3 Italiana. Vale lembrar que esse é o terceiro triunfo de um brasileiro em categorias transalpinas em quase três semanas seguidas. Antes, Carlos Iaconelli na AutoGP e Victor Guerin, na F-Abarth haviam subido no lugar mais alto do pódio.

A vitória fez bem a César que agora é o terceiro colocado no campeonato, com 35 pontos. Mancinelli é o líder com 38 e Andrea Caldarelli, que também trocou o certame europeu pelo italiano, é o vice-líder com 36. Christopher Zanella (32) e Stephane Richelmi (31) completam os cinco primeiros.

A próxima etapa do campeonato é dia 4 de julho, em Imola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s