Lewis Hamilton comemora no Canadá
2 vitórias seguidas tem Lewis Hamilton

0 curvas foi o necessário para Vitaly Petrov e Pedro De La Rosa se enroscarem e rodarem em pleno gramado

1 piloto das equipes tradicionais ainda não marcou pontos. É justamente De La Rosa, da Sauber

1’16’’972 foi a volta mais rápida da corrida, marcada por Robert Kubica, na volta 67

2 acidentes tiveram a participação de Felipe Massa. Na largada, o brasileiro bateu em Liuzzi e, nas últimas voltas, se enroscou em Michael Schumacher

2 carros da Force India terminaram nos pontos: Liuzzi se recuperou do acidente com o brasileiro e chegou em nono, logo a frente de Adrian Sutil

3 carros das equipes novatas terminaram a corrida. Uma Lotus (Kovalainen 16º), uma Hispania (Chandhok 18º) e uma Virgin (Di Grassi 19º)

3 dobradinhas fez a McLaren. Além da canadense, Hamilton venceu na Turquia, com Button em segundo. As posições se inverteram na China

3 pontos separam líder (Hamilton) e vice-líder (Button). Essa é a mesma diferença de pontos entre o atual campeão e Mark Webber, terceiro colocado

5 voltas levou Lucas di Grassi, com a Virgin novamente enfrentando problemas. Até Heikki Kovalainen, com uma Lotus, passou três vezes pelo brasileiro.

7 pilotos apenas terminaram na volta do líder. Kubica foi o último deles

8 foi a posição de chegada de Sebastian Buemi que, com pneus mais novos, deixou uma série de adversários para trás, incluindo a dupla da Force India e Schumacher. O suíço, que tinha o desempenho criticado antes da prova, chegou até a liderar uma volta

14 foi a volta chave da corrida. Hamilton aproveitou o vacilo de Alonso ante ao poderoso Buemi para retomar a liderança perdida nos boxes. O inglês ainda foi beneficiado pela falha na estratégia da Red Bull de fazer paradas a menos

14 foi a posição do melhor brasileiro na prova: Rubens Barrichello, que precisou trocar o bico do carro

20 segundos foi a punição de Felipe Massa por velocidade excessiva no pitlane. O brasileiro havia parado nos boxes para  também trocar o bico do carro danificado no toque com Michael Schumacher

33 voltas durou a corrida da Sauber. Kobayashi bateu logo na segunda passagem, já De La Rosa teve o motor estourado na volta 31

109 pontos tem Lewis Hamilton, líder do campeonato. Apenas 19 a mais que Sebastian Vettel, quinto colocado no campeonato

215 pontos tem a McLaren no campeonato de constutores. A Red Bull vem logo atrás com 193

World of Motorsport Rookie of the Year:

Nico Hulkenberg
Nico Hulkenberg está feliz pois voltou a triunfar no World of Motorsport Rookie of the Year

Para poder avaliar melhor os cinco novatos da temporada 2010, o World of Motorsport fará um campeonato a parte entre esses pilotos. A cada prova, eles receberão pontos no clássico esquema 10-6-4-3-2-1, além de bônus para cada ponto que marquem na temporada normal da Fórmula 1.

Além dos cinco estreantes – Lucas di Grassi, Bruno Senna, Vitaly Petrov, Nico Hulkenberg e Karun Chandhok – Kamui Kobayashi também entrará na competição por ter participado de apenas duas provas na carreira.

No Canadá, a ordem de chegada foi Nico Hulkenberg, Vitaly Petrov, Karun Chandhok, Lucas di Grassi,  Bruno Senna e Kamui Kobayashi

Após a prova de Montreal, Vitaly Petrov é o líder, somando 58 pontos, seguido por Nico Hulkenberg com 48. Depois vem Karun Chandhok, 32; Kamui Kobayashi, 27; Lucas di Grassi, 27 e Bruno Senna, 24.

A próxima etapa da Fórmula 1 será dia 27 de junho, em Valência.