Dale Jr e Brad Keselowski
Dale Earnhardt Jr apostava em Brad Keselowski como sucessor

Dale Earnhardt Jr, o piloto mais popular da Nascar, está procurando um sucessor. Isso não é novidade, já que o piloto dá pistas de uma possível aposentadoria para dedicar-se apenas à função de dono de equipe, na JR Motorsport, que compete na Nationwide Series.

Nos últimos anos, Dale Jr apostou todas as fichas em Brad Keseloswki, um piloto que fez praticamente toda a carreira na JR. Brad saiu de desconhecido no grid para super estrela, incluindo a vitória em Talladega, na Sprint Cup, na terceira largada apenas.

Só que a parceria entre Rick Hendrick e Dale Jr forçou Keselowski – assim como tantos outros antes – esperar anos e mais anos por um carro na Sprint Cup. Enquanto isso, outros donos de equipe estavam de olho na jovem revelação. Roger Penske foi o mais rápido, insistiu por dois anos e conseguiu contratar o protegido de Jr.

Sem Brad Keselowski, Dale Earnhardt Jr se viu obrigado a agir. Trouxe no início de 2010 dois bons reforços para a equipe. O primeiro era Kelly Bires, que se destacara no ano anterior em equipes menores, o segundo (ou segunda) foi Danica Patrick, que competiu nas primeiras provas do ano.

Danica Patrick
Danica Patrick faz cara feia. Para o próprio desempenho

Os maus resultados da americana aliados às obrigações com a Indy permitiram que Danica fizesse apenas três provas muito fracas. Bires não teve melhor sorte, correu quatro vezes, chegou sempre entre os 20 primeiros e foi demitido.

Jamie McMurray, vencedor da Daytona500, foi escalado para guiar o carro número 88 enquanto Jr não encontra algum jovem piloto para lapidar. O carro número 7, de Danica, foi para as mãos do canadense Steve Arpin, vice-líder do campeonato da ARCA e cujos contatos com Dale Earnhardt Jr, o World of Motorsport antecipou.

Só que Arpin não conseguiu chegar entre os 20 primeiros em nenhuma prova. Pior, destruiu mais carros que Danica, McMurray e Bires juntos. Mesmo assim o canadense conta com a benevolência do patrão e deve voltar ao comando do carro ainda nessa temporada.

Steve só não corre em Nashville, neste sábado, dia 5, porque estará em Pocono na prova da ARCA. McMurray também estará no triângulo da Pensilvânia por conta da corrida da Sprint Cup. Dale Jr aproveitou a oportunidade para dar chance a outros dois jovens: Josh Wise e Coleman Pressley poderão guiar os carros da JR Motorspost no oval do Tennessee.

Josh Wise é um piloto experiente da Nationwide Series. Já teve contrato com Tony Stewart e Michael Waltrip, mas nunca conseguiu surpreender, salvo duas boas corridas em 2008 pela Fitz Racing – em ORLY e em Bristol. Não levo a menor fé nesse sujeito.

Coleman Pressley é filho do ex-piloto Robert Pressley. Coleman fez algumas poucas provas nos últimos anos, mas chamou a atenção de todos nas três corridas que fez em 2010 pela fraquíssima R3 Motorsports. O piloto terminou entre os 20 primeiros em duas oportunidades e deixou o carro número 23 fora de perigo de cair do ranking de garantidos a cada etapa. Esse pode surpreender.

Será que Dale Jr vai conseguir achar o novo Brad Keselowski? E se achar, será que o jovem terá o problema recorrente de não ser aproveitado na Hendrick?