Pódio da corrida em Magny-Cours
Gabriel Dias e Oli Webb foram os destaques do final de semana na França

O terceiro round da Fórmula 3 Inglesa aconteceu no autódromo francês de Nevers Magny-Cours, que foi utilizado pela F1 até 2008. A pista em si nunca foi fenomenal, mas possui o famoso hairpin Adelaide, a curva cinco do circuito, além das curvas de alta logo em sequência.

A corrida tinha um significado especial para o líder do campeonato Jean-Eric Vergne, que iria competir em casa. Era a oportunidade ideal de se consolidar no topo da tabela. O francês aproveitou o fator casa e marcou as duas pole positions da rodada.

Quem também estreou na categoria foi o brasileiro Pietro Fantin. Só que o piloto da Hitech participou apenas dos treinos livres.

Na primeira corrida, Vergne não largou bem e foi superado por Oli Webb, da Fortec, que largara em segundo. O piloto da Carlin caiu várias posições, mas conseguiu superar alguns rivais para terminar em quarto, logo atrás da dupla da Hitech, formada por Gabriel Dias (2º) e William Buller (3º). Webb manteve a liderança e venceu pela primeira vez na carreira.

Adriano Buzaid terminou em oitavo, enquanto Lucas Foresti abandonou na primeira volta após se enroscar com Alex Brundle e Felipe Nasr perdeu o motor sete voltas mais tarde. Na National Class, Menasheh Idafar levou a melhor sobre James Cole.

Os carros se preparando para controversa largada da segunda prova
Os carros se preparando para controversa largada da segunda prova

Para a segunda corrida, Jazeman Jaafar largou na frente graças ao grid invertido da corrida anterior. Na primeira largada, Jaafar e o companheiro de Carlin James Calado se tocaram no Adelaide Hairpin, com o inglês levando a pior. A corrida foi suspensa e uma nova largada foi dada, com Dias pulando para a primeira colocação, seguido por Vergne.

Os dois duelaram a corrida toda até que nas voltas finais o francês assumiu a primeira colocação. Mas, para completar a manobra, foi necessário que cortasse uma chincane. Quase ao mesmo tempo, a direção da prova anunciou que o brasileiro estava sob investigação por ter queimado a largada. Mais do que depressa, a equipe Carlin pediu para que Vergne devolvesse a liderança ao rival.

Gabriel cruzou a linha de chegada em primeiro, mas foi punido em 1 minuto, deixando a vitória com Jean-Eric Vergne. Webb foi o segundo, seguido por Buller. Hywell Lloyd, da Manor, marcou os primeiros pontos, chegando em quinto. Felipe Nasr foi o sexto, uma posição a frente de Lucas Foresti. Adriano Buzaid foi o 11º. Na National Class, vitória de James Cole.

Para a última prova do final de semana, Vergne partiu da pole e novamente foi ultrapassado por Webb na primeira volta. O piloto da Red Bull perseguiu o rival por todas as voltas, terminando apenas 0,7’’ atrás. O brasileiro Gabriel Dias novamente fez uma boa prova, chegando em terceiro. Felipe Nasr foi o sétimo, Lucas Foresti, o nono e Adriano Buzaid, o 11º. Na National Class, mais um triunfo para James Cole.

Com os resultados do final de semana, Oli Webb é o novo líder do campeonato, com 115 pontos, dois a mais que Vergne. James Calado é o terceiro, com 64, seguido pelos brasileiros Gabriel Dias, com 59, e Adriano Buzaid, com 52.

Felipe Nasr caiu para a 11ª posição, com 24 pontos. Já Lucas Foresti agora é o 14º, somando 7 pontos. Na National Class, James Cole soma 132 pontos, contra 108 de Menasheh Idafar.

O destaque desse terceiro round foi o britânico Oli Webb, que conquistou duas vitórias e um segundo lugar nas três corridas. Gabriel Dias também teve um bom final de semana e cruzou a linha de chegada sempre entre os três primeiro, embora tenha sido punido por queimar a largada em uma das corridas. Destaque também para Hyewll Lloyd que somou os primeiros pontos da Manor na volta da equipe ao certame britânico.

A decepção ficou por conta dos pilotos da Carlin. James Calado vinha de duas vitórias em Silverstone e decepcionou na França. Na realidade, ele só não conseguiu um bom resultado por ter sido tirado da prova por Jaafar, que perdeu a chance de vencer ao sair da pole – e ser desclassificado – na segunda corrida. Svendsen-Cook esteve apagado, chegando em sexto na última corrida como melhor resultado. Lucas Foresti melhorou e voltou a somar pontos, mas ainda está andando atrás dos companheiros. Já Adriano Buzaid teve um fim de semana horrível, em que não conseguiu marcar pontos em duas corridas. O outro piloto da equipe, Jean-Eric Vergne, perdeu a liderança do campeonato, completando o final de semana deprimente da equipe.

O próximo round da Fórmula 3 Inglesa é neste final de semana (dias 29 e 30 de maio) em Hockenheimring, na Alemanha. Outra pista em que a F1 já competiu.