Indy Fast Facts – Kansas

Logo da prova do Kansas no Infield
O Papa-Léguas apareceu, no Kansas, para inspirar os pilotos

# Scott Dixon venceu o RoadRunner Turbo Indy 300, no oval do Kansas. Essa foi a primeira vitória do bicampeão na atual temporada e 22ª na carreira. Dario Franchitti terminou em segundo, completando a dobradinha da Ganassi, seguido por Tony Kanaan, Hélio Castroneves e Ryan Hunter-Reay. Dixon não começou bem a corrida, mas assim que assumiu a primeira colocação, não a perdeu mais.

Apenas seis pilotos completaram a prova na volta do líder, sendo Ryan Briscoe, o sexto. A bandeira amarela apareceu três vezes por conta de acidentes: EJ Viso, Jay Howard e Hideki Mutoh e Takuma Sato. Curiosamente, os japoneses estavam fazendo a melhor corrida da carreira antes de se encontrarem pela pista.

# Scott Dixon conquistou a 22ª vitória da carreira, primeira em 2010. O bicampeão era o atual vencedor da etapa do Kansas, conseguindo defender o posto. O neozelandês quebrou uma seca de vitórias que durava desde a penúltima etapa de Motegi, no final da temporada passada.

Scott Dixon é o maior vencedor da história da Indy, abrindo três triunfos da vantagem para Sam Hornish Jr, o segundo na história, com 19. Com a conquista, Dixon pulou para a segunda colocação do campeonato, com 164 pontos. Essa foi a 35ª vitória da Chip Ganassi na Indy, desde que Juan Pablo Montoya conquistou as 500 milhas de Indianápolis em 2000.

# Ryan Bricoe marcou a pole position para o RoadRunner Turbo Indy 300, no Kansas, quebrando uma sequência de Will Power, que largou três vezes seguidas na primeira posição. Esta foi a primeira vez em 2010 e nona vez na carreira que o australiano saiu da posição de honra. Ele está empatado em sexto, com Tony Kanaan, Tony Stewart e Billy Boat, entre os pilotos que mais conquistaram poles na história da Indy.

# Dario Franchitti terminou em segundo lugar, após superar Hélio Castroneves quando faltavam apenas duas voltas para o final. Este foi o sétimo TOP 5 nas últimas dez provas e segundo pódio em 2010.

# Tony Kanaan foi o terceiro após largar apenas na 15ª posição. Já na largada, o campeão da temporada 2004 era o quinto colocado. Este foi o primeiro pódio do brasileiro desde a etapa do Kentucky, em 2009, há onze provas. O baiano conquistou o oitavo TOP 10 nas útimas dez provas.

# Hélio Castroneves, quarto, relargou na segunda colocação após o acidente entre os japoneses, mas perdeu posições para Franchitti e para Kanaan. O brasileiro caiu para terceiro no campeonato com 162 pontos, mas encurtou a diferença para o líder Will Power para 28 pontos. Este foi o sétimo TOP 10 nas últimas dez provas.

# Ryan Hunter-Reay foi o quinto colocado, conseguindo o melhor resultado da carreira em um oval. Este foi o terceiro TOP 5 (e TOP 10) nas últimas dez provas.

# Will Power terminou em 12º, duas voltas atrás, mas lidera o campeonato com 190 pontos.

# Três pilotos fizeram a primeira largada de 2010: John Andretti (9º), Sarah Fisher (17ª) e Jay Howard (25º).

# Danica Patrick, 11ª, foi a melhor mulher da prova.

# Alex Lloyd foi o melhor dentre os candidatos a Rookie of The Year, chegando na 19ª posição. Embora Takuma Sato tenha sido o destaque entre os novatos, antes de bater.

# Os dez primeiros foram compostos por quatro brasileiros, dois pilotos vindos da Oceania, dois americanos , um canadense e um britânico.

# A próxima etapa da Indy é dia 30 de maio, na 94ª edição das 500 milhas de Indianápolis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s