Ricardo Zonta na Telefonica World Series, em 2002, quando foi patrocinado pelo Barcelona
O Barcelona foi o primeiro time a conquistar um título nas pistas, em 2002 com Ricardo Zonta

Neste final de semana aconteceu a abertura da temporada 2010 da Fórmula Superleague. O inglês Craig Dolby levou a equipe do Tottenham à vitória no primeiro round em Silverstone. O Flamengo, com Duncan Tappy, é o sétimo no campeonato, enquanto o Corinthians, com Robert Doornbos, aparece na 11ª colocação.

Além da Superleague, o Corinthians também está presente no automobilismo brasileiro ao patrocinar a equipe de Ricardo Zonta na Stock Car, além de participação no Itaipava GT3 e na Fórmula Truck. Mas a história de times de futebol e carros de corrida é um pouco mais antiga. O World of Motorsport relembra a temporada 2002 da Telefonica World Series, quando Ricardo Zonta foi campeão a bordo de um carro patrocinado pela equipe do Barcelona.

A Telefonica World Series, hoje conhecida como World Series by Renault ou Fórmula Renault 3,5 L, começou a temporada 2002 vendendo a idéia de ser uma alternativa à F1 e à Indy. Estrelava Ricardo Zonta, com passagem pela F1, e Justin Wilson, campeão da F3000, além dos pilotos revelados pela própria categoria.

Todos corriam com carros Nissan. Na verdade, era um jeito da Renault promover a marca japonesa que tinha sido recém adquirida. Para a temporada em questão, uma nova equipe havia sido formada: era a Gabord Competition, que contava com o patrocínio da equipe de futebol do Barcelona, com uma dupla brasileira formada por Zonta e Tuka Rocha, mas tinha objetivos modestos.

Contrariando todas as expectativas, Zonta venceu três das quatro etapas iniciais, disputadas em Valência e em Jarama. Franck Montagny, favorito para o campeonato e vencedor de 2001, conquistou dois segundos lugares e uma vitória, mas já via o paranaense disparar no campeonato.

O brasileiro foi segundo nas duas corridas em Albacete, não andou bem em Monza e voltou a vencer em MagnyCours, na casa do rival. Depois dominou em Barcelona, na casa da equipe, conquistando ambas as corridas, além de outro triunfo em Valência. Para completar a festa, Zonta foi campeão em Curitiba, onde colecionou duas vitórias também.

Montagny terminou em segundo no campeonato, seguido pelo belga Bas Lainders, que chegaria à F1 nos anos seguintes, assim como Justin Wilson, quarto. Destaque para Karthikeyan que terminou o campeonato na nona colocação. Tuka Rocha foi o 11º.

Ricardo Zonta voltou à F1, na temporada seguinte, como piloto de testes da Toyota, onde permaneceu até 2006 quando se mudou para a Renault. A Gabord Competition durou até 2005, mas, sem o apoio do Barcelona, voltou a ser uma equipe mediana.

Curiosamente, além do Barcelona, Atlético de Madrid, Anderlecht (Bas Lainders) e Benfica (Andre Couto) também estamparam seus escudos em carros da Telefonica World Series durante a temporada 2002.

A organização da categoria até tentou lançar um embrião da Fórmula Superleague ao tentar atrair outros times, mas sem sucesso.