Nissan de JP Oliveira
João Paulo de Oliveira venceu na abertura do Super GT, em Suzuka

Ayrton Senna faria 50 anos, neste dia 21 de março. Se tem um lugar no mundo, fora o Brasil, em que o tricampeão é querido, este lugar certamente é o Japão. Mesmo sem Senna, os japoneses seguem simpatizando com o nosso país, em se tratando de automobilismo.

Na madrugada, foi a vez de João Paulo de Oliveira, também conhecido como JP Oribera, triunfar em Suzuka, pelo Super GT japonês. O brasileiro, que arrebentara o carro na classificação guiou precisamente e pôde contar com os abandonos de Ralph Firman/Yuji Ide e de Loic Duval/Takashi Kogure para vencer a corrida.

O Super GT vem crescendo a cada ano e, em breve, deve se juntar ao DTM alemão em algumas provas. João Paulo de Oliveira e o estreante Hironobu Yasuda são os líderes do campeonato, a bordo do novo Nissan GT-R. A próxima prova é dia 4 de abril em Okayama.

JP começa a receber os louros por conta de uma carreira de sucesso. Com apenas 28 anos, o paulista ganhou F3 Sudam, F3 Alemã, F3 japonesa, com direito a 41 vitórias e 48 poles em sete temporadas. Agora vai para a quinta temporada no Super GT, ao mesmo tempo em que vai voltar a disputar a Fórmula Nippon. Ano passado, ainda fez uma aparição no WTCC em Okayama.

Quem também está no Japão é o brasileiro Rafael Suzuki. Curiosamente, este outro paulista também disputou F3 Sudam, F3 Alemã e agora vai competir pela fortíssima equipe TOM’S no certame japonês, que começa dia 17 de abril, exatamente em Suzuka.

Adivinha qual foi a equipe pela qual João Paulo correu na F3 japonesa. É, foi pela TOM’S.

Macacão de Rafael Suzuki, na F3 Japonesa
Rafael Suzuki colocou no twitter o macacão que usará na F3 japonesa