Will Power venceu a São Paulo Indy 300
Will Power conquistou a São Paulo Indy 300 ao superar Ryan Hunter-Reay nos momentos finais

# Will Power venceu a São Paulo Indy 300, de 2010. Foi a primeira vitória na atual temporada e terceira na carreira, contando apenas 2008 Long Beach nas estatísticas da Champ Car. Ryan Hunter-Reay terminou em segundo, seguido por Vitor Meira, Rapha Matos e Dan Wheldon. A corrida foi interrompida a 43 minutos do fim por conta da chuva. Ryan Briscoe era o líder faltando três minutos para o final, até acertar a proteção de pneus. Houve sete mudanças de liderança entre cinco pilotos e cinco bandeiras amarelas, que duraram 19 voltas.

# Will Power, que reestreou na Indy após o grave acidente sofrido em Sonoma na temporada passada, conquistou a terceira vitória da carreira. Se não contarmos 2008 Long Beach, por ser uma prova da Champ Car, o australiano nunca venceu nos Estados Unidos pela Indy. A outra vitória foi em Toronto.

Power está empatado na 19ª colocação entre os pilotos que mais venceram na história da categoria e é o líder da temporada 2010 com 50 pontos. Essa foi a 37ª vitória da Penske na Indy, desde que Hélio Castroneves conquistou as 500 milhas de Indianápolis em 2001.

# O pole Dario Franchitti chegou em sétimo após liderar 20 voltas em dois momentos distintos da prova. Após a chuva, o escocês preferiu manter os pneus para pista molhada e foi obrigado a ir aos boxes, perdendo a liderança.

# Ryan Hunter-Reay, ou Hunter, terminou em segundo lugar, na primeira largada pela Andretti Autosport. Em 2009, RHR também chegou em segundo na prova da abertura da temporada, então em St. Petesburgo, Flórida. Esse foi o 3º TOP 10 do americano nas últimas dez provas.

# Vitor Meira foi o terceiro, após ultrapassar Rapha Matos nas últimas voltas. O brasileiro também retornou à categoria na São Paulo Indy 300 após o acidente nas 500 milhas de Indianápolis do último ano, quando colidiu justamente com o conterrâneo.

# Raphael Matos, quarto, conquistou o melhor resultado da carreira e o melhor da equipe Luczo Dragon Racing / de Ferran. Foi o sexto TOP 10 nas últimas dez provas.

# Dan Wheldon foi o quinto e terminou no TOP 5 pela primeira vez desde a prova de Iowa em junho de 2009.

# Bia Figueiredo, 13ª, foi a melhor mulher da prova e melhor dentre os candidatos a Rookie of The Year.  Já Simona de Silvestro foi a única piloto a liderar a prova.

# Os dez primeiros foram compostos por quatro brasileiros, três britânicos, dois pilotos vindos da Oceania e apenas um americano.

A próxima prova da Indy é dia 28 de março, no circuito de rua de St. Petesburgo, na Flórida.

Will Power e o leite paulista
Desconcertado, Will Power faz uma brincadeira de bom gosto com Vitor Meira e o leite paulistano

Will Power recebeu de um sagaz patrocinador da corrida brasileira uma caixa de leite para beber no pódio enquanto comemorava a vitória. O “prêmio” de surpresa rendeu algumas caretas ao australiano, que ainda aproveitou para compartilhar o primeiro jato lácteo com Vitor Meira.

Peço a todos que deem a opinião sobre esta maneira de contar como foi a corrida, para que o World of Motorsport possa continuar a trazer aos leitores as informações mais importantes dos eventos automobilísticos, mas sem usar a forma repetitiva empregada nos grandes meios de comunicação, com atualizações quase que instantâneas.