A1 GP
A A1GP, Copa do Mundo do automobilismo, fechou as portas para a temporada 09/10

Hoje foi o dia da despedida dos sonhos sérvio, americano e até canadense de voltar à Fórmula 1. USF1, Stefan e Villeneuve não vão poder disputar a temporada 2010. Mas esse post não é sobre o fim dessas equipes. É sobre as categorias que não poderemos acompanhar, pois fecharam de vez as portas.

O mais famoso dos campeonatos que não vão acontecer é a A1 GP, que chegou a ser chamada de Copa do Mundo do automobilismo. Foram quatro temporadas até equilibradas que revelaram pilotos como Nico Hulkeberg, Nelsinho Piquet, Oliver Turvey e Loic Duval. Rendeu títulos para franceses, alemães, suíços e irlandeses. Mesmo com apoio da Ferrari na última temporada, não deu certo. As dívidas de Tony Teixeira inviabilizaram a temporada 2009-10 e consequentemente extinguiram a categoria.

A International Fórmula Master também não dará as caras em 2010. A categoria, que serviria como uma alternativa às Fórmula 3, teve dois bons campeonatos coroando Jerome D’Ambrosio e Chris van der Drift. Já na última temporada foi difícil formar um grid com dois dígitos, mas ainda revelou bons pilotos como Fabio Leimer, Alexander Rossi, Earl Bamber e Josef Kral. Com a GP3, a Fórmula Master não deve voltar.

Fórmula BMW Americas
Após revelar bons pilotos como Alexander Rossi e Gabby Chaves, a Fórmula BMW Americas não vai continuar em 2010

A BMW deixou a Fórmula 1 e diminuiu o investimento nas Fórmula BMW e no WTCC. Quem desapareceu foi a versão americana da categoria de monopostos. Os grids com oito ou nove carros não ajudaram, mas os pilotos que competiram no novo mundo não deviam em nada aos europeus. Destaque para Robert Wickens, Alexander Rossi e Gabby Chaves.

E a América pode perder outra categoria: a tradicional Fórmula Atlantic. Revelando bons pilotos nas décadas de 90, a categoria pode deixar de existir após uma fraca temporada em 2009. As duas principais equipes, Stargate Worlds e Newman-Wachs, já anunciaram que não vão voltar. O campeonato, que não vivia bem financeiramente desde o fim da Champ Car, pode fechar as portas mesmo com Swan Racing, Jensen MotorSport, Veach Racing ,Condor Motorsports, Paladin Motorsports, US RaceTronics, Comprent Motorsport, Polestar Racing Group e Team Tonis tendo se comprometido a participar. O problema é que a rodada de abertura é dia 19 de março, em Sebring, e a Fórmula Atlantic se move a passos de tartarugas.

Nunca é bom ver um campeonato fechar as portas (nem quatro de uma vez), mas para criar novas disputas acaba sendo necessário. Enfim, quem aproveitou para ver essas categoria, assistiu a boas disputas. Mas agora elas entram nos livros de história do automobilismo e são apenas estatísticas.