Jean Eric Vergne em Rockingham
Jean-Eric Vergne levou a Carlin ao topo em Rockingham

Os treinos coletivos da Fórmula 3 Inglesa terminaram. Foram dois dias em Snetterton, na última semana, e mais dois em Rockingham. Nesses quatro dias, quatro pilotos de três equipes diferentes ficaram no topo da tabela. James Calado (Carlin) e Daisuke Nakajima (Double R) em Snetterton e Oli Webb (Fortec) e Jean-Eric Vergne (Carlin) em Rock.

No último dia de testes, o francês da Red Bull foi o mais rápido ao marcar 1’10’’970. Foi o único piloto a baixar de 1’11’’. Oli Webb mostrou que o bom desempenho de ontem, dia 1º, não foi por acaso. Cravou 1’11’’292, impedindo que a Carlin ficasse com os três primeiros tempos. Assim, James Calado e Adriano Buzaid terminaram em 3º e 4º, respectivamente.

Em seguida veio a Double R com Nakajima em 5º e Huertas em 6º. Felipe Nasr não manteve o bom desempenho de ontem e terminou na 10ª posição, ao marcar 1’11’689. Já os outros brasileiros não foram tão bem. Gabriel Dias foi o 13º, Lucas Foresti, 14º e Pietro Fantin terminou apenas na 19ª colocação.

Na National Class, Menasheh Idafar foi o mais rápido, sendo o 11º no geral. O companheiro do bahrenita, James Cole, que conquistou a Fórmula Ford em 2009, veio logo em seguida, mas foi apenas o 15º na geral. Uma posição a frente de Ryo Haryanto. O indonésio anunciou que vai competir de GP3, mas deseja fazer algumas provas de Fórmula 3 Inglesa.

Menasheh Idafar em Rockingham
O britânico-bahrenita Menasheh Idafar foi a sensação dos treinos coletivos

Após quatro dias de treinos é possível apontar a equipe Carlin como favorita. Assim como aconteceu em 2008, quando Jaime Alguersuari, Oliver Turvey e Brandon Hartley competiam, a disputa do campeonato deve ficar entre o três principais representantes do time: Jean-Eric Vergne, James Calado e Adriano Buzaid. É difícil apontar um favorito, mas o brasileiro pode levar a melhor caso transforme a experiência em consistência.

A Double R parece ter evoluído muito. Nakajima andou constantemente entre os mais rápidos, enquanto Carlos Huertas fez boas apresentações. Felipe Nasr andou bem, mas ainda está visivelmente atrás dos principais novatos. Todavia, o piloto do DF tem condições de melhorar o desempenho ao longo do campeonato.

Gabriel Dias e Lucas Foresti não andaram bem. Dias sequer ameaçou Daniel McKenzie, adversário na National Class em 2009, enquanto Foresti conseguiu superar apenas Alex Brundle, Jay Bridger e Adderly Fong. Talvez a Hitech ainda não tenha se acostumado à mudança para a Volkswagen, pois William Buller, o outro piloto, não foi um fator nesses quatro dias.

O último piloto verde e amarelo é Pietro Fantin. É muito difícil falar sobre o desempenho desse jovem, pois andou com um carro de Fórmula 3 mesmo tendo recém-saído do kart. O foco de Fantin deverá ser a Fórmula 3 Sudamericana, onde deve competir pela própria Hitech. Desde já é considerado um dos favoritos. Na National Class, Idafar e Cole devem disputar o campeonato, mas o piloto do Bahrein não encontrou adversários nos treinos coletivos.

Ainda restam oito vagas na categoria, de acordo com os anúncios das equipes após a temporada de 2009: uma na T-Sport, uma na fraca Sino-Vision, duas na igualmente fraca Litespeed, duas na novata Teamcraft (que ainda não foi à pista) e duas na West-Tec. Mas lembrando que essas duas últimas e uma da Litespeed são para a National Class. O brasileiro Victor Corrêa pode aparecer, pois tem contrato com a Litespeed e não divulgou se houve rescisão.

Aqui você pode conferir o resultado completo do dia de hoje. Lembrando que o World of Motorsport vai acompanhar a Fórmula 3 Inglesa na atual temporada.