Kevin Harvick e Jeff Burton se cumprimentam em Lowe's
Kevin Harvick e Jeff Burton esperam trazer as glórias de volta para a equipe de Richard Childress

Neste domingo, 21, Jimmie Johnson conquistou a vitória na segunda etapa da Nascar Sprint Cup Series. Mas o bom desempenho da equipe Richard Childress Racing foi o que chamou a atenção. Kevin Harvick foi o 2º, Jeff Burton chegou em 3º e Clint Bowyer terminou em 9º. Os três se recuperaram de problemas durante a prova. Eles já tinham se destacado em Daytona. Assim fica uma pergunta: a RCR será um fator na temporada 2010 capaz de fazer frente ao tetracampeão Jimmie Johnson?

Eu acho que sim. Vamos voltar à temporada de 2009. Na metade do ano passado, essa equipe estava sem rumo. Eram vistos brigando pela 30ª posição. Os três pilotos despencaram na tabela e não chegaram ao Chase. Mas a melhora foi visível nas últimas etapas. Conquistaram alguns TOP 5 e criaram esperanças para 2010.

Kevin Harvick venceu a Daytona 500 de 2007
Kevin Harvick não vence desde a Daytona 500 de 2007, mas é o atual líder do campeonato

Para brigar pelo título esse ano, em primeiro lugar, Harvick, Bowyer e Burton têm que se classificar para o Chase. Mas aí não importa se for em primeiro ou em décimo-segundo. Basta chegar. Em alguns autódromos a RCR tem um desempenho muito bom. Daytona e Auto Club são alguns exemplos. Assim como Atlanta, Bristol, Indianapolis, Sonoma e Glen. Eu acredito que eles vão passar por essas primeiras 26 etapas, serão constantes conquistando importantes TOP 5 e TOP 10 (quem sabe até a vitória) e alcançarão o Chase.

Com o campeonato praticamente recomeçando nas últimas dez etapas, a equipe de Richard Childress pode ter sorte melhor. Nos últimos anos, conquistaram bons resultados em todas as provas. Mas esse ano há outro fator: Jimmie Johnson será pai. Se o tetracampeão perder o foco em algum momento, a RCR estará em boa posição para abocanhar o título.

O primeiro passo já foi dado. Harvick é líder do campeonato, Bowyer é o segundo e Burton, o quinto.