Three-wide no fim da prova de Daytona de 2007
Sem o prestígio da Sprint Cup, a Truck Series não deve nada em emoção

Na noite da sexta-feira (12), a Nascar Camping World Truck Series dá a largada para a temporada 2010. A primeira prova acontece no lendário circuito de Daytona e contará com a participação de Nelsinho Piquet. Mas há outros muitos bons motivos para acompanhar essa divisão da Nascar que vem crescendo a cada ano.

A Nascar não oficializa nenhum tipo de hierarquia entre as três principais divisões (Sprint Cup, Nationwide Series e Camping World Truck Series), mas, por aqui, essa categoria é chamada de terceira divisão. A Truck Series é mais barata, corre antes, é mais recente e não tem o mesmo prestígio que a Sprint Cup, mas não deve nada em termos de emoção.

Ainda falando na divisão das três grandes categorias, a Truck Series tem feito muito bem o papel de fornecer jovens talentos para as demais. Brian Scott e Colin Braun são bons exemplos. Ambos foram rookies na temporada 2008, disputaram o título e venceram prova em 2009 e alçaram à Nationwide Series nesta temporada.

Truck de Ricky Carmichael
Ricky Carmichael trocou as motos pela Nascar e volta mais experiente para a nova temporada

Entre os novatos da temporada 2009, Johnny Sauter (o vencedor do Rookie of the Year), Tayler Malsam, Ricky Carmichael, Brian Ickler e Brent Raymer estão de volta. James Buescher subiu para a Nationwide Series após uma péssima temporada nos trucks.  A nova classe de novatos de 2010 mostra-se ainda melhor.

Em pesquisa realizada pela Nascar, Austin Dillon sai como o favorito para ser o Rookie desta temporada. Dillon é neto do dono de equipe Richard Childress, para quem Dale Earnhardt correu. Aliás, Austin Dillon é o primeiro piloto a usar o número 3, na Nascar, desde o acidente fatal de Dale Earnhardt na Daytona 500 de 2001. O maior rival de Austin deve ser Justin Lofton, o atual campeão da ARCA e que será companheiro de Nelsinho Piquet. Falando no brasileiro, como ainda não foi confirmado que ele participe da temporada toda, não se inscreveu para disputar o campeonato dos novatos, mas ainda há tempo.

Filho de um dos donos da rede Aaron’s, Brett Butler é o terceiro concorrente. Brett é uma incógnita, pois quase não correu em nenhuma grande categoria de Stock Cars. A outra desafiante é Jeniffer Jo Cobb. A piloto do Kansas é bem experiente em competições, mas nunca conseguiu resultados expressivos. O último candidato é Dillon Oliver, outro piloto com bons resultados em categorias de base, mas sem experiência na Nascar. Oliver não correrá em Daytona por não ter aprovação da direção de prova.

Ron Hornaday
Atual campeão, Ron Hornaday é o favorito para 2010

Agora que os novatos estão apresentados, vamos falar dos favoritos ao campeonato. Quem são os principais nomes da categoria? E vamos ouvir esses nomes durante toda a temporada. Mais favorito do que nunca é Ron Hornaday. O atual campeão vem batendo todos os recordes da Nascar e chega para 2010 em condições de defender o título. Hornaday é piloto da Kevin Harvick Inc. Essa equipe, cujo dono é o piloto da Sprint Cup Kevin Harvick, é a mais forte da Truck Series. No outro truck do time, Harvick e Elliott Sadler, também da Sprint, dividirão o assento ao longo da temporada.

Os ex-campeões Todd Bodine e Mike Skinner chegam para a temporada 2010 como eternos favoritos, embora não tenham ido bem em 2009. Bodine venceu duas vezes no último ano, incluindo em Daytona, terminando em quarto no campeonato. Já Skinner foi um pouco melhor: três vitórias e o terceiro lugar. O vice-campeão foi Matt Crafton, que retorna para buscar o título. Crafton não venceu em 2009 e terminou 187 pontos atrás de Hornaday.

Não podemos esquecer Johnny Sauter, Tayler Malsam e Ricky Carmichael, que falamos lá em cima. Como melhores novatos de 2009, devem vir forte, pois, agora, estão mais experientes. Timothy Peters, da Red Horse Racing – mesma equipe de Nelsinho e Lofton – corre por fora. Por último, mas não menos importante está Aric Almirola. O piloto de origem cubana vai dividir a temporada 2010 entre a Sprint Cup e a Truck Series, mas os bons resultados em 2009 o credenciam como um dos favoritos para este ano.

Kyle Busch ao vencer mais uma prova
Kyle Busch e a tradicional comemoração irreverente ao vencer outra prova

Almirola será o primeiro piloto a fazer ambas as categorias completas no mesmo ano. Mas correr em provas avulsas de Truck enquanto compete regularmente na Sprint não é novidade. O maior exemplo é Kyle Busch. Enquanto terminou em 13º na Cup, sem classificar para o Chase, e foi campeão da Nationwide Series, Buschinho ainda venceu sete provas, das 15 que disputou pelos Trucks, em 2009. Na última temporada, Busch correu pela equipe de Billy Ballew, mas para 2010 ele criou a própria equipe. São dois trucks: um para ele e Brian Ickler e outro para Tayler Malsam.

A Nascar Truck Series segue as mesmas regras da Sprint Cup, só que não tem Chase. São 25 provas contra 36 da principal categoria e há diferenças nas especificações. Uma das novidades para a temporada 2010 é a corrida na tradicional pista de Pocono, localizada na Pensilvânia. Outra tradicional pista que volta a abrigar os Trucks, esse ano, é Darlington, na Carolina do Sul. Aqui você pode ver a agenda completa da categoria.

Os trucks são das mesmas montadoras que os carros da Cup, mas ao invés de Fusions e Impalas, temos Chevrolet Silverado, Ford F-150,  Toyota Tundra e  Dodge Ram. Apenas a Dodge não fornece mais apoio às equipes.

A Truck Series é marcada pela emoção em todas as provas. Confira a seguir algumas das chegadas mais emocionantes (prometo que os três vídeos valem a pena):

Daytona 2007:

Talladega 2009:

Cinco chegadas de tirar o fôlego em 2008: