Joey Logano comemora ao vencer o Nascar Toyota AllStar Showdown
Joey Logano mostrou toda a habilidade para conquistar o Toyota AllStar Showdown

Joey Logano foi o vencedor do Toyota AllStar Showdown com todos os méritos. O piloto do carro número 20 na Nascar Sprint Cup Series foi mais técnico em todos os fundamentos de uma corrida. Prova disso foi sempre ter levado vantagem nas relargadas em relação a Sergio Pena. Logano também facilitou o trabalho da equipe ao estacionar perfeitamente nos boxes e lidou muito bem com o tráfego.

Logano admitiu na entrevista após a prova que não tinha o melhor carro. Por causa disso, foi uma das vitórias mais difíceis da carreira. Se o carro não estava tão bom, o piloto justificou a experiência e venceu na técnica. Foi possível entender porque Mark Martin, ao assistir a Joey Logano pilotar ainda no início da carreia, o chamou de “the real deal”. O Toyota AllStar Showdown não serve de referência, mas não é absurdo imaginarmos uma evolução do piloto de apenas 19 anos, na Nascar.

De toda forma, fato que Joey Logano fez história nas categorias menores da Nascar. A partir daí, todos os pilotos que se destacam logo ganham a alcunha de “o novo Joey Logano”. Matt DiBenedetto foi um deles. Até porque são da mesma equipe: a Joe Gibbs Racing. DiBenedetto impressionou nas poucas provas que fez na Camping World East, ano passado, mas ficou devendo uma boa apresentação nesse Showdown, mesmo com o quarto lugar.  Vale lembrar que foi o primeiro duelo entre Logano e DiBenedetto. Embora fossem carros da mesma equipe, eles não se encontraram em momento algum na pista.

A carreira de Matt DiBenedetto tem pulado mais etapas que o próprio Joey Logano. Logano foi campeão da então East Series e do Showdown de 2007, antes de estrear na Nascar. DiBenedetto venceu provas, mas não fez a temporada completa da East Series e não conseguiu resultados expressivos num grande evento. Mas estreou na Nascar Nationwide Series, ano passado, em Memphis.

Matt DiBenedetto
Matt DiBenedetto convive com a perigosa comparação a Joey Logano

Aproveitando o início de eventos da Nascar, – o Showdown, em Irwindale, e as Speedweeks, em Daytona – a Joe Gibbs Racing anunciou que terá dois carros na Nascar East Series em 2010. Os escolhidos foram Brett Moffitt e Max Greshan. Uma forma de dizer que DiBenedetto já está em outro nível, embora só deva fazer entre três a sete provas de Nationwide, esse ano. Joey Logano correu quase todas as provas da categoria desde a estreia, ao fazer 18 anos, dois anos atrás.

Se todo piloto que se destaca é logo comparado a Joey Logano. O que dizer de Sergio Pena? Apenas 16 anos de idade, sem nenhuma experiência de East/West Series, fez a pole e travou duelos de igual para igual com vencedores em Irwindale, como, por exemplo, Joey Logano, David Gilliland e Matt Kobyluck.

É muito cedo para falar qualquer coisa de Sergio Pena. Ele chegou como um desconhecido para grande parte do público, mas impressionou. Agora, o jovem piloto da Virginia vai ter que aprender conviver com a pressão por resultados. Já que o segundo lugar em Irwindale o coloca entre os favoritos da East Series.

O bom resultado de Sergio Pena também afeta a pilotos já consagrados. Ryan Truex, campeão da East Series em 2009, ficou devendo uma boa apresentação. Largando atrás, em momento algum foi fator decisivo. Paulie Harraka, David Mayhew e Steve Park também não foram bem. Auggie Vidovich, Sean Caisse e Blake Koch, todos com experiência de Nationwide Series, se envolveram em acidentes, todavia deixaram a desejar.